Andre Lazaroni

quinta-feira, dezembro 02, 2010


Se o Complexo do Alemão, na Zona Norte, faz muito sucesso na imprensa nacional e internacional, o que dizer do Complexo Rubem Braga, na Zona Sul? Ótima notícia: ele virou um novo point do Rio de Janeiro! Isso mesmo! O Complexo Rubem Braga, que fica bem em frente ao Morro do Cantagalo, se transformou em concorrida atração turística como Corcovado, Pão de Açúcar, Praia de Copacabana, Maracanã... Fica assim minimizado na Zona Sul o efeito da chamada “cidade partida”.

Muita gente lembra que a ideia fundamental de integrar os 10 mil moradores da área com o metrô de Ipanema, ganhou muito com a arquitetura inovadora do Complexo Rubem Braga e a vista de 360 graus para as praias de Ipanema e Leblon, a Lagoa Rodrigo de Freitas e o Cristo Redentor. Esse conjunto turístico é atrativo difícil de resistir. Até um editorial de moda já foi realizado no complexo, cujo nome homenageia um dos maiores cronistas da literatura brasileira, que morou por anos nas redondezas.

Foram construídas duas torres, de 65 e 21 metros de altura, cada uma equipada com dois elevadores de alta capacidade, que, juntos transportam até 100 pessoas ao mesmo tempo, se tornando uma importante alternativa para quem precisava enfrentar mais de 400 degraus para chegar ao alto do morro. No local onde fica o complexo, havia um grande lixão, que servia de depósito de carroças e material de ambulantes.

Com a obra, a região foi revitalizada e a cultura carioca, valorizada. A Bossa Nova foi homenageada com um amplo painel na entrada do metrô, com texto de Ruy Castro. Por dia, além dos moradores, o mirante chega a receber até 300 visitantes, e os elevadores transportes até cinco mil pessoas diariamente.

O secretário Júlio Lopes, dos Transportes, não se cansa de elogiar o novo point turístico: “hoje é difícil passar na esquina das ruas Barão da Torre e Teixeira de Melo, área antes degradada, e não olhar para tamanha beleza. O mais interessante é que o mirante foi batizado pelos próprios moradores do Cantagalo: Mirante da Paz. É bem o espírito que vive a cidade, o estado. O governo está devolvendo o Rio para a população fluminense. Esse projeto tão significativo em termos de turismo, de transporte e, sobretudo, de acessibilidade é mais um presente”.

O resgate do charme da área que fica entre Copacabana e Ipanema foi alcançado também com a instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) nos morros do Cantagalo e Pavão-Pavãozinho. A UPP, o metrô e o Complexo Rubem Braga valorizaram, inclusive, o mercado imobiliário.

O Conselho Regional de Corretores estima uma recuperação de até 50% no preço dos imóveis de áreas revitalizadas pelo Governo do Estado. Em breve, o Complexo Rubem Braga receberá ainda uma unidade do Rio Poupa Tempo, onde serão oferecidos serviços públicos à comunidade local.

publicado por André Lazaroni em 2.12.10



0 Comments:

Postar um comentário



Links to this post:

Criar um link

<< Voltar


Sobre este Blog
Blog do Deputado Estadual. Opine, vamos fazer o meio ambiente ser preservado
 
 
Últimos Posts
Arquivos
 
Amazônia Azul

faça o download do PDF



Powered by Blogger