Andre Lazaroni

quinta-feira, março 24, 2011



Nós, os brasileiros, estamos cada vez mais habituados a ingerir alimentos importados do Japão ou que tenham inspiração na culinária daquele país tão amigo e que sofre tanto. Ontem (23/3), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou uma medida nota 10: a liberação total da importação de produtos alimentícios japoneses.

De acordo com a agência, a última importação japonesa para Brasil ocorreu em fevereiro de 2011, data anterior ao acidente nuclear ocorrido depois das explosões de um reator da Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, no Nordeste do país.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária informou que a importação foi apenas de misturas e pastas para preparação de produtos de padaria, pastelaria e da indústria de bolachas e biscoito, categoria de alimentos sem indícios de contaminação com radionuclídeos.

Em nota oficial, a Anvisa informou que monitora a entrada desses produtos no país e que, “com vistas a proteger a saúde da população brasileira, esclarecemos que as investigações pelas autoridades sanitárias internacionais serão devidamente acompanhadas bem como as importações brasileiras de produtos japoneses”.

De acordo com a agência, as autoridades sanitárias japonesas se comprometeram a retirar do mercado todos os alimentos com níveis de radionuclídeos superiores aos limites estabelecidos pela Comissão de Segurança Nuclear no Japão como seguros para o consumo humano.

publicado por André Lazaroni em 24.3.11



0 Comments:

Postar um comentário



Links to this post:

Criar um link

<< Voltar


Sobre este Blog
Blog do Deputado Estadual. Opine, vamos fazer o meio ambiente ser preservado
 
 
Últimos Posts
Arquivos
 
Amazônia Azul

faça o download do PDF



Powered by Blogger