Andre Lazaroni

quinta-feira, novembro 18, 2010


Vem aí o Dia Nacional da Consciência Negra! Uma data muito importante para o processo civilizatório brasileiro! E comemorações e lembranças, como não poderia deixar de ser, serão inúmeras. Uma delas será o lançamento, exatamente no dia 20, sábado, Dia Nacional da Consciência Negra, da exposição virtual Negra Cor, do fotógrafo Berg Silva, no Teatro Oi Futuro Ipanema, a partir das 20h30.

Como detalha bem uma excelente matéria da assessoria de imprensa do governo do estado, no seu segundo ano de existência o Projeto Negra Cor torna-se uma experiência sensorial em forma de instalação audiovisual, na qual o fotógrafo Berg Silva, com a direção de arte do artista plástico Raimundo Rodriguez, recria um universo mítico baseado na cultura afro-brasileira.

São portraits e imagens em movimento (as atrizes Juliana Alves, Quitéria Chagas e Dani Ornellas, entre outras atrizes, cantoras e modelos negras participam dos ensaios) projetados em forma de slide-show sobre bases de vídeo em stop-motion, ambientadas numa instalação chamada “Eterno Labirinto”, construída a partir de toda sorte de objetos e materiais.

Com o auxílio de projetores multimídia, as imagens transmutam-se e constroem um universo barroco contemporâneo, onde divindades fantásticas, as guerreiras Negra Cor, materializam-se iluminadas, belas, cativantes e instigantes, prontas a defender o seu espaço neste labirinto onde todos somos... Teseu. Na abertura da exposição, a Banda do Síndico, que acompanhava Tim Maia, vai fazer um pocket-show comandado pelo músico Silvério Pontes, e que contará com a participação das cantoras do elenco do Negra Cor.

O trabalho de Berg Silva também pretende valorizar, para além da sensualidade, a beleza intrínseca das fotografadas que, com seu talento, tornam-se referências para que outras mulheres negras se sintam confiantes em sua afirmação pessoal e profissional. Diz ele: “nosso objetivo também é explorar as novas potencialidades das mídias eletrônicas como formadores de público, ampliando o conceito de exposição e explorando todas as potencialidades que um veículo digital pode oferecer”.

As Guerreiras Negra Cor são Aline Prado (jornalista), Patrícia Ferrer (cantora), Quitéria Chagas (atriz), Tais Lohana (modelo), Anna Pessoa (cantora), Daniele Marques (farmacêutica), Carolina Aleixo (estudante), Nanny Soul (cantora), Thalma de Freitas (cantora e atriz), Juliana Alves (atriz), Dani Ornellas (atriz) e Lica Oliveira (atriz). Fotógrafo do jornal O Globo com nove anos de casa, e dezenove de experiência profissional, jornalista, historiador e pós-graduado em planejamento urbano, Berg Silva procurou desenvolver no projeto Negra Cor um canal de expressão de sua inquietude.

Tendo como experiência profissional passagens pela agência Imagens da Terra, Jornal O dia, Revista Quem e Jornal Extra, Berg já realizou no Oi Futuro a exposição “Arte do Fotojornalismo”, em 2005, e também o trabalho “ImagEMovimento em 4X4", na Galeria Arte Clara. Criador e coordenador do Projeto ImagEMovimento, já apresentou mostras audio-visuais em mais de trinta espaços públicos da cidade com a participação de mais de sessenta fotógrafos profissionais.

Premiado com o segundo lugar no Prêmio Esso de jornalismo em 2005, em 2009 Berg Silva foi contemplado com o Prêmio Orilaxé (mentes que realizam) de fotografia pelo Grupo Cultural Afro-Reggae. Concebida também como uma exposição virtual, o Projeto Negra Cor poderá ser conferido no endereço www.bergsilva.com, simultaneamente à apresentação da instalação.

O Teatro Oi Futuro Ipanema fica na Rua Visconde de Pirajá, 54. O telefone é (21) 3201-3010. Entusiasta das mídias sociais, Berg Silva escreve todo domingo no Fotoglobo, o blog sobre fotografia do Jornal O Globo oglobo.globo.com/blogs/fotoglobo/posts/2010/08/29/domingueira-319908.asp

publicado por André Lazaroni em 18.11.10



0 Comments:

Postar um comentário



Links to this post:

Criar um link

<< Voltar


Sobre este Blog
Blog do Deputado Estadual. Opine, vamos fazer o meio ambiente ser preservado
 
 
Últimos Posts
Arquivos
 
Amazônia Azul

faça o download do PDF



Powered by Blogger