Andre Lazaroni

quinta-feira, abril 14, 2011



Há poucos dias, comentei com vocês, amigas e amigos, o lançamento do Atlas da Fauna Ameaçada de Extinção, obra que contém mais de 1.300 registros sobre 314 espécies de animais em estado de risco no Brasil.

Hoje, com prazer e em respeito à atenção especial que vocês merecem, vou divulgar o endereço eletrônico para se baixar o Atlas e se ter acesso à revista Bio Brasil.

O levantamento para a edição do Atlas da Fauna Ameaçada de Extinção foi feito para avaliar a eficiência do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) na proteção de espécies que ocorrem em 194 unidades de conservação (UCs) federais. Esse documento essencial foi produzido pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Segundo o secretário-executivo do MMA, Francisco Gaetani, o desenvolvimento ambiental e conservação são desafios contemporâneos, e as informações terão do Atlas grande valia para os envolvidos nessas causas.

Afirmou Francisco Gaetani: “quando os atores envolvidos no processo de conservação e a sociedade brasileira saem em defesa de sua biodiversidade, então percebemos que a proteção dessas numerosas espécies se torna uma prática de todos”.

O presidente do ICMBio, Rômulo Mello, disse que a instituição tem o objetivo de se tornar um centro de referência em pesquisas no Brasil e que o Atlas permitirá um avanço de forma qualificada no processo de conservação.

Permite ainda à sociedade brasileira saber onde estão as UCs e quais espécies estão vivendo nestes locais. Os dados contribuem ainda para a criação de UCs e para o reforço e realização de pesquisas nestas áreas protegias.

A obra aponta dados importantes para o mapeamento e a situação atual de inúmeras populações de animais em risco de extinção. Das 310 UCs federais, 198 já possuem registro de espécies ameaçadas.

No bioma Pampa, por exemplo, mais de 60 destas já estão vivendo em áreas protegidas. Na Caatinga, das 43 espécies em extinção identificadas, 41 vivem em UCs. As aves e os mamíferos foram os mais elencados no livro.

A publicação está disponível no portal do ICMBio, no formato PDF, e será distribuída para todos os centros de pesquisas e UCs. Os interessados podem contactar a Coordenação Geral de Espécies Ameaçadas do instituto.

Foram lançados, juntamente com o Atlas da Fauna Ameaçada de Extinção, a revista eletrônica Bio Brasil, sobre biodiversidade brasileira, e o novo portal na internet do ICMBio (www.icmbio.gov.br).

A revista Bio Brasil é voltada para a divulgação de informações técnico-científicas relativas ao conhecimento, manejo e conservação das espécies ameaçadas de extinção e das áreas protegidas federais.

Entrando no novo site, o usuário poderá ter acesso a fotos e informações das 310 unidades de conservação federais existentes em todo o Brasil.

publicado por André Lazaroni em 14.4.11



0 Comments:

Postar um comentário



Links to this post:

Criar um link

<< Voltar


Sobre este Blog
Blog do Deputado Estadual. Opine, vamos fazer o meio ambiente ser preservado
 
 
Últimos Posts
Arquivos
 
Amazônia Azul

faça o download do PDF



Powered by Blogger